Infraestrutura completa e pensada exclusivamente no turista, seja ele criança, jovem, adulto ou da melhor idade!

Piscinas

O parque dispõe de 5 piscinas cobertas, sendo uma com tubogã, dentro do complexo onde também se encontra o restaurante e recepção do Parque e 2 piscinas ao ar livre junto a natureza

Spa Day

Pensando em seu bem estar, junto ao parque você encontra o Spa Day, locar onde são oferecidas inúmeras terapias e banhos temáticos de hidromassagem com os benefícios da água termal

Água Termal

A água termal do Parque Caldas de Prata provém do Aquífero Guarany, o maior reservatório de água doce do mundo. Na nossa região ele está constituído sobre arenitos eólicos da formação Botucatu. A área de proteção do parque é de 57 hectares.

Cascata da Usina

Esta é a maior atração natural de Nova Prata, tem raízes na história e no imaginário da população do município. A implantação do complexo assegurou a sua preservação e a recuperação ambiental do local.

Água Termal

Benefícios da água termal

Por serem águas sulfatadas e conterem moléculas de enxofre são indicadas na forma de banhos para tratamentos de doenças reumáticas como artrite, artrose, tendinites, etc.

Na forma de ingestão é indicada nas doenças do aparelho urinário e gastrointestinais. Contribui também na prevenção de cáries dentárias e tártaro, além de anemia, colesterol e ácido úrico.

Também são sedativas, relaxantes musculares, proporcionando uma maior dilatação dos vasos da pele, favorecendo assim a absorção dos sais minerais nelas contidos.

O Caldas de Prata se caracteriza como uma estância hidromineral onde se toma como principal as propriedades medicinais da água (crenoterapia), sendo indicada para doenças do aparelho locomotor, cardiovasculares, dermatológicas, ginecológicas e neurológicas.

A água termal do Parque Caldas de Prata provém do Aquífero Guarany, o maior reservatório de água doce do mundo. Na nossa região ele está constituído sobre arenitos eólicos da formação Botucatu. A área de proteção do parque é de 57 hectares.

A água termal está classificada como sulfatadas (sulfato), litinadas (lítio), fluoretadas (flúor), vanádicas (vanádio) e hipotermais na fonte. O complexo conta com dois poços de águas termais:

Poço da Aventura – o primeiro a ser perfurado. Possui 636 metros de profundidade e 25 m³/hora de água.

Poço Santa Bárbara – o segundo a ser perfurado. Possui tem 714 metros e 40m³/hora.

Aplicação da água termal

uso interno (via oral);
injeção subcutânea;
banhos simples: duchas, piscinas, banheiras;
compressas;
aerossóis;

PROPRIEDADES DA ÁGUA TERMAL

 

POÇO 1 - FONTE DA AVENTURA

POÇO 2 - FONTE SANTA BÁRBARA

Ph

9,15

9,22

Condutividade a 25°C S/cm

727

736

Resíduo Total 180+- 5c mg/L

430,5

435,42

Dureza Total mgCaCO3/1

8,0

6,0

Arsênio mg/L

<0,01

0,01

Bário mg/L

0,006

0,005

Boro mg/L

0,602

0,625

Estrôncio mg/L

0,02

0,023

Lítio mg/L

0,031

0,033

Silício mg/L

11,19

12,49

Vanádio mg/L

0,03

0,04

Cálcio mg/L

3,38

2,83

Magnésio mg/L

0,01

0,01

Cloreto mg/L

25,67

25,39

Sulfato mg/L

201,0

200,7

Bicarbonato mg/L

44,95

32,10

Carbono mg/L

15,29

25,26

Nitrato mg/L

<0,1

<0,1

Ferro Total mg/L

0,007

0,013

Brometo mg/L

0,09

0,08

Fluoreto mg/L

2,24

2,47

Sódio mg/L

140

146,75

Potássio mg/L

0,60

0,58

Manganês mg/L

<0,001

0,001

Fosfato mg/L

<0,2

<0,2

Laboratório

Lamin / CPRM

Lamin / CPRM

Nossa História

Em meio à mata nativa brotam fontes de água a uma temperatura de 41ºC. Repleta de excelentes propriedades medicinais e terapêuticas, a água termal somada à exuberância da natureza, faz do Caldas de Prata um lugar único e especial.

Venha conhecer este lugar maravilhoso você também!

Tudo começou em 1980, quando através do programa do governo "O Petróleo é nosso", procurava-se por possíveis poços de petróleo no interior do país. Em Nova Prata, o poço foi perfurado na localidade de Linha Garibaldi. Depois de algum tempo, a empresa pratense Fonte Nova, com atividades de perfuração de poços artesianos, se interessou em pesquisar o poço e, com as informações geológicas, descobriu que havia água termal na região.

Os proprietários da Fonte Nova, Nelson Luiz Salvador e Fábio Boff, seguiram firme na ideia de exploração. Foi então que, com autorização da Prefeitura Municipal de Nova Prata, iniciou-se a perfuração do primeiro poço, na Cascata da Usina. Foram quatro tentativas até a descoberta da água termal: na primeira, o equipamento quebrou há uma profundidade de 300 metros. Na segunda e terceira, novamente a broca de perfuração quebrou e o poço foi perdido. Na quarta tentativa, com auxílio de uma máquina de maior capacidade de perfuração, a água termal jorrou de uma profundidade de 620 metros (confirmar). Neste espaço foi instalada uma piscina de fibra para testes de viabilidade para futura exploração e instalação de um complexo de água termal. A ação deu certo e atraiu diversas pessoas ao local. Foi então que começou a construção do empreendimento com a empresa Terraplanagem Salvador. Primeiro, buscando oficializar junto aos órgãos responsáveis a exploração da água e depois obtendo as licenças necessárias.

Em 16 de maio de 2003, foi inaugurado o complexo, que era composto por duas piscinas abertas e o prédio principal. O evento contou com a presença de muitas autoridades, inclusive o então governador, Germano Rigotto.

Em 2004, foi perfurado o segundo poço (Poço Santa Bárbara) para abastecer as futuras instalações do complexo coberto. Em julho de 2005, foi aberto ao público mais cinco piscinas cobertas de água termal. Em meados de 2006, começou a funcionar o mini SPA, com diversos serviços em terapias e tratamentos em banheiras de água termal.